quinta-feira, 2 de julho de 2015

IEL oferta vaga para mestre em saneamento ambiental. Sônia Othon deixa Museu Câmara Cascudo após 8 anos na direção.

IEL oferta vaga para mestre em saneamento ambiental
(Sirleide Pereira – Ascom-reitoria/UFRN)
O Instituto Euvaldo Lodd da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (IEL/FIERN) está selecionando mestre em Saneamento Ambiental, com o mínimo de cinco anos de graduação, para atuar como bolsista em parceria com CNPq. A informação é do Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação (NIGI/FIER).
Um dos pré-requisitos é que o candidato tenha conhecimento e experiência em tratamento de efluentes industriais e sustentabilidade ambiental. A carga horária será de 8 horas e a bolsa, no valor mensal de 3 mil reais, terá duração de um ano.
A inscrição é gratuita e vai até o dia 15 deste mês. Para mais informações acessar o site WWW.inovatalentos.org.br; ligar para (84) 3204 6288 ou se comunicar pelo e-mail jessicasoares@rn.iel.org.br.

2 - Inaugurações e posse no Museu Câmara Cascudo
(Sirleide Pereira – Ascom-reitoria/UFRN)
As novas instalações do setor expositivo do Museu Câmara Cascudo (MCC) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) serão inauguradas às 10h da manhã dessa sexta-feira, 3, ocasião em que a reitora Angela Maria Paiva Cruz dará posse à nova diretoria do Museu.
Caracterizado um expositor de coleções, o MCC foi em 1973 para manter o acervo do Instituto de Antropologia (IA) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Carrega o nome de um dos expoentes da cultura potiguar, e importante estudioso da cultura popular e do folclore brasileiro - Câmara Cascudo – propositor da criação do IA em 1959, para fazer investigação e pesquisa.
Avanços
Durante oito anos sob a direção da Professora do Departamento de Artes, Sônia Othon, que deixa a universidade ao pedir aposentadoria após 38 anos na docência, o MCC passou por reformas, inclusive o Setor Expositivo, ganhou um projeto de segurança para as áreas externas do Museu, o Regimento Interno e o seu primeiro Plano Museológico, com as diretrizes para os próximos cinco anos.
Nova diretoria
Atual vice-diretora, a Professora Maria de Fátima Cavalcante Ferreira dos Santos passará a partir dessa sexta-feira, 3, a dirigir o MCC, juntamente com o vice-diretor, o Museólogo Gildo José dos Santos Júnior.
O Museu Câmara Cascudo está localizado na Avenida Hermes da Fonseca, 1398, Bairro do Tirol, em Natal (RN) e sua Sala de Exposições Temporárias funciona no térreo do prédio. Recebe visitação diária e as visitas em grupo podem ser agendas pelos telefones (84) 3342-4903 e (84) 9903-8941.

3 Cadastramento da terceira chamada do SiSU UFRN vai até essa sexta-feira
(Sirleide Pereira- Ascom-reitoria/UFRN)
A Pró-reitoria de Graduação (PROGRAD) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está cadastramento nessa quinta e sexta-feira, 2 e 3, os convocados para a terceira chamada do SiSU 2015.1. A atividade pode ser feita pela manhã e tarde, na Escola de Ciências e Tecnologia (ECT/UFRN).
Segundo a pró-reitora, Vitória Vieira de Almeida, são 138 vagas distribuídas por 26 cursos, com entrada no segundo período letivo deste ano. As vagas são provenientes da desistência dos convocados na 2ª chamada e de cancelamentos de alunos já cadastrados. A pró-reitora explicou que a quantidade de candidatos convocada é superior ao número de vagas disponíveis, por que a PROGRAD está compondo um novo cadastro reserva para os cursos.
A lista de convocados e o edital complementar de cadastramento se encontram no sítio http://sisu.ufrn.br

4 - Inventário do Possível será lançamento amanhã na reitoria da UFRN
(Sirleide Pereira – Ascom-reitoria/UFRN)
A Editora Universitária lança nessa próxima sexta-feira, 3, o Inventário do Possível, sexta obra do Professor aposentado do Departamento de Letras da UFRN, Tarcísio Gurgel. Inventário do possível é constituído de reminiscências do passado do autor na cidade de Mossoró, berço de sua infância.  Areia Branca e várias cidades das regiões Central, Oeste e Seridó potiguar, são cenários das vivências de Tarcísio Gurgel, assim como o Rio de Janeiro, quando era a capital federal, e Porto Alegre.
São mais de 200 páginas nas quais o leitor vai se deparar com uma narrativa do cotidiano de um passado que começa lá nos anos 30 do século XX, marcada notadamente por uma linguagem coloquial e cheia de picardia.
Publicado pelas editoras Universitária (EDUFRN) e Sarau de Letras, de Mossoró, Inventário do Possível pode ser encontrado nas livrarias da cidade e do campus universitário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário