quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Juíza manda prender seguranças ilegais em Ceará-Mirim/RN.


Policial civil suspeito de chefiar milícia privada é preso em Natal

TRIBUNA DO NORTE
Publicação: 2015-09-10 00:00:00 | Comentários: 0-
O agente Rossini Pinheiro dos Santos, da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, foi preso na tarde de ontem (9), em Natal, por ser suspeito de praticar os crimes de peculato, formação de milícia privada e tentativa de homicídio. A detenção, feita em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela Vara Criminal de Ceará-Mirim, foi  realizada pela Delegacia de Polícia Civil de Ceará-Mirim.

A prisão do policial de 50 anos foi pedida pela delegada de Ceará-Mirim, Jamille Alvarenga, e é desdobramento da Operação “Tártaro”, deflagrada em 7 de agosto, que buscava desarticular e prender integrantes de uma empresa ilegal de segurança privada para moradores de Muriú.

A investigação revelou que o policial civil exercia o papel de `dono da empresa´. Ele coordenava os trabalhos do grupo, fornecia armamentos e gerenciava toda a logística.  No dia em que foi deflagrada a operação, foram presos os primos Paulo Júnior Gomes (30), e Rafael Gomes da Silva (25). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário