quinta-feira, 17 de setembro de 2015

SESAP nega assédio no Hospital Giselda Trigueiro.

NOTA
NATAL (RN), 17 de setembro de 2015.
A Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP), tendo em vista fato ocorrido na noite da última segunda-feira (15), no Hospital GiseldaTrigueiro, em Natal, lamenta e repudia que pessoas tenham agido de má-fé, usando à imprensa e as redes sociais para denegrir e difamar a imagem de um estudante de Medicina, estagiário do Pronto-Socorro daquela unidade hospitalar.
O estudante foi acusado deliberadamente, de forma constrangedora, e sem provas, de assédio sexual no exercício de suas funções, bem como o médico responsável pelo plantão por supostamente ter acobertado fatos inverídicos.
O ocorrido se torna mais grave ainda, diante das ameaças de morte feitas ao estudante e ao médico levadas às redes sociais pelo marido da paciente atendida na unidade. A direção do Hospital Giselda Trigueiro abriu inquérito administrativo para ouvir os profissionais de plantão na noite de segunda-feira e avalia recorrer judicialmente.
GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA
Assessoria de Comunicação - ASCOM
84)- 3232-2618/3232-2630/8137-2493



--
Postado por AssessoRN - Jornalista Bosco Araújo no AssessoRN.com em 9/17/2015 06:51:00 PM