segunda-feira, 30 de novembro de 2015

UFRN discute a importância da água na I Feira de Ciências das Escolas de Pureza

(Sirleide Pereira – Ascom-reitoria/UFRN)

Palestras, oficinas, minicursos e um Parque de Ciência com experimentos ao vivo. Essa é uma das contribuições do Instituto de Medicina Tropical (IMT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) durante essa segunda-feira, 30, na 1ª Feira de Ciências das Escolas de Pureza, município do litoral potiguar, que tem como tema a água.

Ao saudar os participantes na abertura, na manhã de hoje, por meio de um vídeo, a reitora chamou a atenção dos estudantes e professores para os desafios diários que se apresentam durante a construção de uma vida saudável. “A ciência é um grande vetor de desenvolvimento e não pode ficar guardada nos laboratórios, nos arquivos da UFRN”, disse a reitora, ao realçar a presença do IMT nessa 1ª Feira de Ciências de Pureza. “Precisamos fazer ciência e educação juntamente com todos os atores que vivem em nossa sociedade”, completou Angela Paiva.

Na parte da tarde a palestra Ciência: o que é, para quê e para quem?, da pesquisadora Helena Nader, presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), confere o grau de interesse do IMT nesse evento de aproximação da ciência com a população. Em Pureza, por exemplo, o IMT participa da educação continuada dos professores da rede escolar, ofertando cursos de aperfeiçoamento aos professores do município.

A saudação da reitora da UFRN aos participantes da Feira de Ciências de Pureza pode ser conferida nesse endereço:
https://drive.google.com/file/d/0B-hgnkRT6StNU2I1V0hYVjBBN0U/view?usp=docslist_api