terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Doze presos já presos por tráfico, agiotagem e pistolagem, sendo 10 PMs.

8/12/2015 08h09 - Atualizado em 08/12/2015 09h26

PF e MPRN fazem operação para desarticular grupo de extermínio

Operação 'Thanatus' foi deflagrada nesta terça (8) na Grande Natal.
Foram expedidos 15 mandados de prisão; 10 contra PMs.

Do G1 RN
Operação 'Thanatus' foi iniciada na manhã desta terça (8) (Foto: Divulgação/PF)Operação 'Thanatus' foi iniciada na manhã desta terça (8) (Foto: Divulgação/PF)
Uma operação da Polícia Federal com o apoio do Ministério Público do Rio Grande do Norte foi iniciada na manhã desta terça-feira (8) na Grande Natal. O objetivo é desarticular grupo de extermínio. Foram expedidos 25 mandados de busca e apreensão e 15 mandados de prisão preventiva. De acordo com a PF, 10 policiais militares são suspeitos de associação para cometer homicídios em atividade do grupo de extermínio.
A operação foi denominada 'Thanatus' e vai desarticular um grupo de extermínio formado por 15 pessoas que atua em cidades da região metropolitana da capital potiguar.  As investigações foram iniciadas há sete meses e conseguiram apurar cerca de 16 assassinatos praticados no período de 2011 a 2015.
As mortes, todas com características de execução, foram motivadas por dívidas decorrentes do tráfico de drogas, vingança e até mesmo encomendadas em troca de altas somas em dinheiro. Segundo a PF, 'Thanatus' vem da mitologia grega e significa a “personificação da morte”. A operação conta com o apoio de 165 agentes da PF, além de policiais do BOPE e do Batalhão de Choque da PM.
tópicos: