quinta-feira, 24 de março de 2016

Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte | Assessoria de Imprensa

Mineiro defende implantação de Sistema de Gestão Integrada dos Recursos Hídricos
 
Crédito da foto: Eduardo Maia
 
A temática dos recursos hídricos tem sido uma pauta defendida, desde seu primeiro mandato, pelo deputado estadual Fernando Mineiro (PT). Ele foi um dos primeiros a alertar, quando ainda era vereador de Natal, para a necessidade de avançar na cobertura do saneamento da cidade, como forma de evitar o comprometimento da qualidade da água consumida pelos natalenses. A capital do Rio Grande do Norte, segundo dados da Caern, tem pouco mais de 30% de área totalmente saneada. O Governo do Estado, em parceria com o Governo Federal, iniciou no ano passado as obras que prometem elevar esse índice a 100% até 2017.

Mineiro tem insistido que é preciso implantar um projeto de gestão do sistema de integração dos recursos hídricos. Ele acredita que a falta de uma política de gestão das águas agrava as consequências da seca prolongada que afeta a região Nordeste e, em particular, o Rio Grande Norte.

“Temos duas situações que impactam: a irregularidade das chuvas e outra de natureza humana, vinculada à gestão dos recursos hídricos. É muito bom quando recebemos notícias de chuvas, mas não podemos depender só disso. É preciso que esse tema entre na agenda das pessoas. O acesso à água não é questão da natureza, mas da natureza política”, afirma o deputado.

No dia 15 de março, Mineiro participou da reunião do Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CONERH), realizada no Parque das Dunas, que discutiu, entre outros temas, as regras do uso da água nos mananciais estaduais.

O parlamentar, que é membro do CONERH, disse que o debate sobre os recursos hídricos é “essencial”, principalmente neste período de seca prolongada no Estado.