sexta-feira, 11 de março de 2016

Reitores das IFES sugerem a Dilma mais reestruturação universitária
(Sirleide Pereira/Marina Gadelha – Ascom – Reitoria/UFRN)
Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
“O futuro do país depende de mais investimentos em educação e de democracia”. A frase do documento da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), enviado ao Palácio do Planalto solicitando agenda com a Presidenta, conduziu o diálogo na manhã dessa sexta-feira, 11, entre quase 100% dos reitores da entidade, Aloizio Mercadante, ministro da Educação (MEC), e Dilma Rousseff, em Brasília.
Na ocasião, a presidenta contextualizou a situação econômica e política do país para mostrar que a conjuntura atual leva as universidades a manter as políticas nas áreas de educação, ciência, tecnologia, inovação e inclusão social.
Reitora da UFRN, Angela Maria Paiva Cruz se diz satisfeita com a receptividade de Dilma Rousseff aos projetos de continuidade à reestruturação das universidades e apoio às mais novas, entre outras propostas encaminhadas pela Andifes ao MEC e apresentadas na reunião pela presidente da associação, Maria Lúcia Cavalli Neder. A agenda propositiva está compromissada com o desenvolvimento nacional e regional, a interiorização, a educação básica, a inovação tecnológica e a internacionalização.
“A presidenta mostrou claramente o seu compromisso em trabalhar junto com os reitores e reitoras pela educação e manutenção dos direitos democráticos conquistados pelos brasileiros”, afirma Angela Paiva.
Ao final do encontro, ficou acertado que MEC e Andifes irão criar nos próximos 20 dias o detalhamento de cada plano, para que posteriormente outra reunião seja marcada com a presidenta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário