segunda-feira, 9 de maio de 2016

Praça virou cagadouro e caso de saúde pública.

Pode ser uma expressão forte, mas a praça pública situada entre a avenida da Integração e a rua Raposo Câmara, em Candelária, virou local de descarrego intestinal de homens de rua, isto é, pessoas do lúpem ( sub-proletariado) de Natal. Na manhã de ontem,8,  a pracinha foi utilizada como cagadouro público por um homem de rua, mendigo, que vive vagando pelas ruas, pedindo doses de cachaça, comida nas portas das casas, esfarrapados, sofrendo de hemorróidas. Há quem ajude com sobras de alimentos, lhe dê roupas , mas ele não gosta de tomar banho e, muitas vêzes, fede mais do que tacaca. E assim, flagramos quando "pudim de cana" descarregava, numa operação que aparentava meio dolorosa, pois ele se levantava e se baixava. Causa? Desconhecida.
Um popular disse: "um monte de merda ele deixou".