quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Concerto sinfônico da orquestra abre a XXII CIENTEC da UFRN
(Sirleide Pereira – Ascom-Reitoria/UFRN)

A execução de sinfonias nacional e internacional pela Orquestra Sinfônica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (OSUFRN) encantou o público presente à abertura da XXII Cientec, na noite desta quarta-feira, 20, no anfiteatro da Praça Cívica do campus central da UFRN.

Precedendo os discursos protocolares do reitor em exercício, Ênio Ferreira de Miranda, e da pró-reitora de Extensão, Maria de Fátima Freire de Melo Ximenes, um movimento silencioso tomou conta do ambiente que durante três dias – desta quinta, 19, até sexta, 21, terá centenas de atividades voltadas para o tema “Nós do Planeta”.

De dentro da concha acústica do palco, músicos da Orquestra levantaram os braços e exibiram nas mãos papeis com letras grafadas. Juntas, expressavam um posicionamento sobre o momento político do país, referindo-se ao presidente atual. Refeito do silêncio, o público endossou de pé o ato, entoando, uníssono, a leitura dos dizeres.

As falas solenes do reitor em exercício e da pró-reitora de Extensão ecoaram numa só direção: a CIENTEC deve ajudar a sociedade a refletir sobre a realidade do planeta hoje e no futuro. “O que temos feito dele? Como aproveitar o seu potencial? Quais os meios de enfrentarmos o desafio de viver com conforto, segurança, e fraternalmente. Nada mais oportuno que nos preocuparmos em estudar e debater sobre essas questões que dizem respeito à nossa relação com o planeta que habitamos”, concluiu o reitor em exercício.

Depois disso, a audição do concerto ao ar livre continuou embalando quase 700 pessoas entre jovens, adultos e crianças. A programação ainda presenteou-os com os passos firmes, as piruetas no ar e a delicadeza dos malabarismos corporais do Grupo de Dança da UFRN (GDUFRN).

Nesta quinta e sexta a população da capital e do interior podem visitar a CIENTEC das 08h da manhã até às 22h. Stands expõem pesquisas e inovações de todas as áreas de conhecimento. A expectativa da organização é de receber 60 mil visitantes nos três dias.