terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Prefeito de Jucurutu diz que fará administração transparente. Vamos ver.

Novo prefeito de Jucurutu concedeu entrevista exclusiva para Assessorn.com  

Em clima de total harmonia, ocorreu no inicio da noite desse domingo, 1º de janeiro, a posse do novo prefeito de Jucurutu, Valdir Medeiros, e seu vice, José Pedro Neto, ambos do PROS. O ato solene aconteceu logo após a posse dos vereadores que elegeu a nova Mesa Diretora da Câmara, tendo como presidente Paula Torres (PDT), que em sessão especial presidiu a posse e transmissão de cargo do chefe do Executivo jucurutuense.

No plenário vereador Augusto Queiroz da Câmara Municipal, o espaço foi pequeno para os convidados, mas na rua o público aumentava para escutar e participar do ato cerimonial através de alto-falante disponível para o evento. O prefeito que deixa o cargo, George Queiroz, é filho do deputado estadual Nelter Queiroz, ambos do PMDB, presentes para a posse, e a vereadora Paula Torres (PDT), a mais votada na eleição de outubro, é filha do ex-prefeito, o médico Saint-Clair Torres, e vai comandar o Legislativo de Jucurutu por dois anos, 2017/2018.

ENTREVISTA
Em entrevista exclusiva à páginaAssessorn.com, o novo prefeito de Jucurutu, Valdir Medeiros de Azevedo, 35 anos, nascido no Distrito de Barra de Santana, em Jucurutu (RN), filho de Valdenor Azevedo e Selma Medeiros, destaca fatos marcantes na sua caminhada rumo à prefeitura, como as interferências para dificultarem sua filiação partidária e confessa que embora acreditasse na vitória existiam momentos que geravam dúvidas, mas que a chama da esperança sempre ardia em seu coração. Sobre preconceitos surgidos no decorrer da campanha, ele considera que foi um combustível a mais para quebrar os paradigmas que imperavam na política local e, consequente, na política brasileira.

No âmbito governamental, o novo prefeito espera uma relação respeitosa, para que sejam realizadas as mudanças que o município necessita e afirma que sua gestão com o vice Zé Pedro será construída a partir dos pilares do diálogo, da ética, da transparência, da responsabilidade e da paz. Em relação ao futuro, Valdir diz que Deus o conduzirá para realizar uma grande gestão em prol do povo da sua amada Jucurutu.  

Funcionário público da Secretaria de Saúde de Jucurutu, motorista da ambulância, Valdir nunca havia se candidatado a cargo público e venceu o então prefeito George Queiroz com 234 votos de diferença, em uma campanha histórica para surpresa de lideranças tradicionais no âmbito político da região e estadual, ganhando relevância no meio político e de comunicação, nacionais.

CONFIRA NA ÍNTEGRA A ENTREVISTA COM O PREFEITO VALDIR:

Assessorn.com – Como você decidiu ser prefeito de Jucurutu?
Valdir – A partir de percepções em relação ao próprio contexto jucurutuense, a inquietação e insatisfação da maioria das pessoas referente à administração municipal passada era visível. Além do mais, Jucurutu merecia ser gerida por alguém que não fizesse parte das oligarquias que há tanto tempo geriam o município. 

Assessorn.com – Para o processo de filiação, você sabia que seriam apenas dois candidatos a disputar a eleição, foi difícil se filiar?
Valdir – A principio seriam três candidatos. O processo de filiação foi muito difícil, houve muitos obstáculos e interferências de políticos, no intuito de barrar nossa candidatura, mas Deus nos abriu uma porta, através do deputado Albert Dickson que nos concedeu a legenda do PROS 90.

Assessorn.com – Durante a campanha você encomendou alguma pesquisa, houve pesquisa divulgada mesmo pelo candidato adversário?
Valdir – Não encaminhei nenhuma pesquisa. E não houve nenhuma pesquisa divulgada, embora o grupo opositor tenha realizado.

Assessorn.com – Por alguma razão você pensou em perder a eleição, por exemplo, de não ter uma estrutura financeira a seu favor, ou acreditava nas mudanças que o povo almejava?
Valdir – Embora acreditasse na vitória desde o inicio, havia momentos na caminhada que geravam certas dúvidas, em face da quantidade de votos que teríamos que alcançar, até mesmo pelo fato de nunca ter sido candidato. Mas a chama da esperança sempre ardia em meu coração.

Assessorn.com – Como foi ser chamado de liso, inicialmente um agravo do grupo adversário, isso lhe ajudou a se tornar mais popular?
Valdir – O liso foi uma marca carinhosamente adotada, embora despretensiosa a principio, me ajudou sim quanto à popularidade.

Assessorn.com – E ser motorista de uma ambulância e o seu vice um gari de rua, houve preconceito por parte das elites ou foi outro motivo para sua propagação nos meios de comunicação? Aliás, um fenômeno na eleição da cidade, mais acentuadamente nas redes sociais!
Valdir – O preconceito social sempre se fará presente nas relações humanas, com certeza esse preconceito foi um combustível a mais para que pudéssemos nos dedicar cada vez mais para quebrar os paradigmas que imperavam na política local e consequente na politica brasileira.

Assessorn.com – Como analisa a atual situação administrativa, financeira e estrutural que você recebe?
Valdir – É muito cedo para fazer uma análise da conjuntura administrativa do município, muito embora tenha certo equilíbrio financeiro, a parte estrutural precisa de melhorias urgentes.  

Assessorn.com – No âmbito governamental, como você entende que será a conciliação com a Câmara de Vereadores?
Valdir  Espero uma relação respeitosa, resguardadas as divergências políticas. O meu mandato estará à disposição da Casa Legislativa para efetuarmos as mudanças que Jucurutu necessita.

Assessorn.com – Focado no projeto de construir uma nova história no município, como você define a gestão Valdir e Zé Pedro para o mandato 2017/2020?
Valdir – Uma gestão que será construída a partir dos pilares do diálogo, da ética, da transparência, da responsabilidade e da paz.

Assessorn.com – No passado, seu avô paterno Manoel Miguel foi um líder politico em Barra de Santana. Você nunca pensou nisso ou o acaso vai determinar o futuro?  
Valdir – Realmente o meu saudoso avô Manoel Miguel exerceu, ao seu modo, uma liderança política em Barra de Santana. No entanto, eu, particularmente, nunca havia cogitado ser prefeito. Agora estou nas mãos de Deus, Ele é o dono da minha vida e me conduzirá para realizar uma grande gestão em prol do povo da minha amada Jucurutu. 
Fotos reproduzidas de perfis do facebook:
1ª) no discurso da posse
2ª) público na rua participa da posse
3ª) ladeado pelos pais
4ª) no gabinete em seu primeiro dia de trabalho


©2017 www.AssessoRN.com | Jornalista Bosco Araújo -Twitter @AssessoRN