quarta-feira, 1 de março de 2017

Prezado blogueiro Luiz Gonzaga,

Os "Filhos de Candelária", grupo independente e desvinculado de qualquer apoio politico-partidário, vem, respeitosamente, informar-lhe da INEXISTÊNCIA da posição de liderança do grupo atribuída ao Major PM Nilo Caldas, como curiosamente observa este singular blogueiro em seu post.

Como é de conhecimento da maioria dos moradores do Conjunto Habitacional Candelária, que maciçamente vem unindo força ao grupo, os "Filhos de Candelária" é formado em sua totalidade por "moradores natos" do bairro, que estão preocupados com o descaso do Poder Público para com a nossa comunidade, e principalmente, nunca exerceram qualquer função administrativa perante conselho e/ou associação vinculado ao Conjunto, nem tampouco firmaram qualquer relação cível com os mesmos, seja de natureza locatícia, de prestação de serviço, dentre outras obrigações.

Dessa forma, caro Blogueiro, e ante os fatos supracitados e de fácil compreensão que esclarecem com exatidão a real formação do grupo, é que pugnam os membros do grupo "Filhos de Candelária" pela retificação do post realizado no blog ( http://candelariaeasuarealidade.blogspot.com.br/2017/02/noticias-de-candelaria-2-em-marco.html?m=1), no prazo de 24 (vinte e quatro) horas, como determina o art. 31, inciso I, da Lei nº 5.250, de 09.02.1967, para excluir a informação de que o Major PM Nilo Caldas exerce a posição de liderança perante o grupo, sob pena de serem tomadas as medidas judiciais cabíveis, como auroriza o art.32 da mencionada Lei.

Cordialmente,

Os "Filhos de Candelária"